As crianças precisam ser estimuladas a sair da frente do videogame, do computador ou da televisão.

terça, 26 de agosto de 2014
 
Que criança não gosta de videogame, de assistir a filmes na televisão ou brincar no computador? Atualmente, estes veículos fazem parte da vida dos pequenos das mais diferentes classes sociais. E não é raro que dediquem muitas horas nestas atividades e acabem esquecendo de ler, desenhar e praticar esportes.
 
Segundo o professor de educação física Wanderley Camacho de Moraes, o apoio e estímulo da família são fundamentais para transformar essa rotina, especialmente aos sábados, domingos, feriados e nas férias. "Durante a semana, elas têm atividades físicas no currículo escolar e acabam se exercitando. Porém, nos finais de semana, muitas crianças passam o dia na frente das telinhas", diz ele.
 
Para mudar essa história, é preciso empenho. Mesmo sendo difícil encontrar uma criança que não goste de se exercitar, algumas são tímidas e têm dificuldade de se relacionar com outras da sua idade. Por isso precisam do apoio dos pais nesta hora. "Não adianta levar a criança no parque e dizer: vai, anda de bicicleta, joga bola, enquanto ficam sentados lendo uma revista. A família precisa brincar junto, mostrar que é gostoso", diz ele.
 
Comparativamente, é a mesma relação com a alimentação. Para fazer os filhos comerem frutas, verduras e legumes, os pais precisam dar o exemplo. Com relação à atividade física, é a mesma coisa. Se você é do tipo que passa o domingo comendo ou dormindo no sofá, como pode querer que seu filhote se mexa?
 
Mas como agir quando o pequeno não quer desgrudar da telinha de jeito nenhum? "O melhor é fazer acordos. Por exemplo: ficamos no parque durante uma hora jogando bola e, na volta, você brincará mais uma hora no computador", diz ele.
 
A prática de esportes, além de melhorar a saúde, ajuda nas relações sociais e diverte muito. Por tudo isso, muitas vezes, o pequeno se enturma e esquece das diversões puramente eletrônicas.
 
Só não vale proibir. O videogame, o computador e a tevê devem ser monitorados, mas não excluídos. O ideal é intercalar estas atividades com os esportes, que ajudam a desenvolver a convivência, o respeito pelos outros e a lidar com as vitórias e as derrotas.
 

Comentários

Envie um comentário:

Nome:
E-mail:
Comentário:
 
Todos os direitos reservados © Sementinha Escola de Ensino Fundamental - Telefone: (51) 3663-2267 ou Celular: (51) 9672-8219
Desenvolvido por Crystalino e Clarisse M. Soares